A mulher e a democracia - Dilma Rousseff
×

A mulher e a democracia

Dilma: "O Brasil não crescerá sem democracia. Vamos marchar juntos contra os monstros do ódio, do atraso e da violência"

06/10/2018 10:04

Dilma Rousseff

Em nosso país não é possível fazer política social sem considerar que a mulher é referência das famílias brasileiras, pois as mães acolhem, protegem, incentivam, amparam e, em muitos casos, são as verdadeiras provedoras. Isso ocorre nas famílias chefiadas por uma mulher e também naquelas famílias tradicionais.

Sabemos que 40,5% das famílias, hoje, são dirigidas por uma mulher. Mas não é apenas por isso que afirmamos que as mulheres têm papel fundamental na sociedade e nas políticas sociais. Elas, como mães e avós, ocupam esse papel porque é esta a realidade das famílias e da nossa sociedade.

Quando priorizamos as mulheres e demos a elas a condição de agentes principais das políticas sociais, como no Bolsa Família e no Minha Casa Minha Vida, estávamos nos assegurando que essas políticas seriam efetivas. Que as crianças iriam à escola e fariam todas as vacinas. Que os jovens e as crianças teriam um lar e a proteção da casa própria. Estávamos buscando o futuro das novas gerações de brasileiros e brasileiras. O nosso futuro.

Por isso, no Bolsa Família, quem recebe o cartão são as mulheres. São elas que manuseiam e destinam os recursos para seus filhos. No Brasil, não é possível fazer política de inclusão social sem as mulheres.

O Minha Casa Minha Vida foi um projeto pensado para resolver o problema de moradias das famílias e, em especial, das crianças e dos jovens. Por isso, a titularidade da casa foi repassada prioritariamente para mulher, para a mãe. Mãe, gestante; mãe, gestora.

Qualquer programa de saúde, de acesso a serviços públicos, seja de assistência ou de educação, que estejam centrados na criança e no jovem, tem uma corrente condutora que é a mulher – mães, avós, tias, até vizinhas. É a mulher quem cuida, quem protege, quem se dedica.

Grande parte do sucesso dos programas sociais dos governos Lula e Dilma se deve ao reconhecimento do papel da mulher em nossa sociedade. O protagonismo da mulher nos nossos governos é a base da plena democracia. As mulheres são uma parte crucial  da democracia. E não há democracia que leve à transformação da sociedade brasileira sem as mulheres.

Nós acreditamos que não há como gerar emprego sem democracia. Não há como matar a fome das pessoas sem democracia. Não há como garantir educação de qualidade sem democracia.

O Brasil não crescerá sem democracia.

A situação do nosso país evidencia com clareza que a luta, a reconquista e o fortalecimento da democracia são o único caminho para devolver o Brasil para os brasileiros e as brasileiras.

É com democracia que se acaba com a miséria e com a pobreza extrema. É com a democracia que se gera emprego e renda. É com democracia que resistiremos aos retrocessos e enfrentaremos as ameaças da extrema direita e do fascismo.

É com democracia que  criaremos oportunidades para todos. É com democracia que se recupera todos os direitos roubados do povo. Enfim, a democracia é a base dos avanços civilizatórios.

Vamos nos associar a todas as brasileiras e brasileiros que defendem a democracia. Vamos marchar juntos contra os monstros do ódio, do atraso e da violência.

Nome
Email
Mensagem