Digital dos tucanos mineiros na censura a Lula - Dilma Rousseff
×

Digital dos tucanos mineiros na censura a Lula

Advogados ligados a Anastasia pediram ao STF para barrar entrevista à Folha

02/10/2018 2:55

Antonio Anastasia e Aécio Neves estão por trás da censura à Lula, na tentativa de impedir o ex-presidente da República de conceder entrevista à Folha de S.Paulo. Os dois tucanos estão unidos para fazer o trabalho sujo contra a democracia e radicalizar o golpe iniciado com a derrubada da presidenta Dilma em 2016. Rasgam a Constituição e mostram, mais uma vez, a face golpista: depois do impeachment sem crime de responsabilidade, agora, a censura aberta e escancarada à imprensa.

Autores do requerimento do Partido Novo que obteve no Supremo Tribunal Federal a proibição da entrevista de Lula, os advogados Flávio Henrique Unes Pereira e Marilda de Paula Silveira, sócios no escritório Silveira e Unes Advogados Associados, são ligados a Anastasia e Aécio.

Unes foi secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais no governo Anastasia e foi assessor do tucano no Senado.

O advogado já havia ajudado Anastasia a escrever o relatório do impeachment de Dilma Rousseff. Foi da pena do advogado que saíram as mentiras que sustentaram o golpe de estado que derrubou a Dilma por meio do impeachment sem crime de responsabilidade.

A ação do ex-assessor do escrivão do golpe, Antonio Anastasia, contra o direito de Lula dar entrevista coloca as digitais dos tucanos na conspiração contra o PT às vésperas da eleição. Revela ainda que o Partido Novo é um apêndice utilitário da banda podre do PSDB.

O ataque aos direitos de Lula não se dá apenas pela ação direta de segmentos do Judiciário, mas também pela cumplicidade de partidos e políticos que se associaram no Golpe de 2016.

Unes Pereira já tem outros desserviços prestados contra a democracia. Foi ele quem produziu para o senador tucano um documento em defesa da terceirização total do serviço público no Brasil. O advogado e sua sócia também haviam questionado no Tribunal Superior Eleitoral, em nome do Partido Novo, a propaganda do PT para proibir a veiculação da imagem de Lula.

Faça parte dessa história
Coligação Do Lado Do Povo: PT-PCdoB-PR-DC-PSB
CNPJ 31.243.247/0001-61