AS BARBÁRIES DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO - Dilma Rousseff
×

AS BARBÁRIES DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Vélez Rodriguez insulta todo o povo brasileiro, expressando, de forma infundada e grosseira, seu preconceito e sua arrogância. 

02/02/2019 12:23

 O ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante emitiu nota em que responde às inadmissíveis manifestações feitas nos últimos dias pelo atual ministro, Ricardo Vélez Rodríguez. O novo ministro insultou os brasileiros, aos quais xingou de ladrões, em entrevista a uma revista semanal. Antes disso, o ministro já havia dito que só a elite deve ter acesso a universidade, restando aos pobres apenas cursos profissionalizantes, e anunciou que vai extinguir o sistema de cotas para negros e estudantes de escolas públicas.

EIS A NOTA DE ALOIZIO MERCADANTE:

Devem ser repudiadas as recentes declarações do ministro da Educação do governo Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez. Primeiro, ataca de forma grosseria um jornalista independente e renomado, Ancelmo Góis, e, depois, um líder religioso reconhecido em todo o Brasil e prestigiado internacionalmente, Leonardo Boff. Agora, insulta todo o povo brasileiro, expressando, de forma infundada e grosseira, seu preconceito e sua arrogância.

No mínimo, o ministro deveria ser mais grato com o povo brasileiro, que o acolheu de forma generosa, durante sua formação nas universidades públicas, que, agora, tenta desqualificar. Além disso, seria importante lembrar que seus salários são pagos pelos impostos cobrados deste deste povo que está sendo insultado.

Estou seguro de que a comunidade acadêmica, os estudantes, os professores e  os servidores vão repudiar essa escalada do autoritarismo, retrocessos e intolerância, que tenta, permanentemente, desconstruir a universidade pública, as leis de cotas e as políticas públicas de acesso e permanência, especialmente dos filhos da pobreza, às nossas universidades.

Aloizio Mercadante, ex-ministro da Educação

Nome
Email
Mensagem